Somos notícia no Instagram da Gula Digital

 Nem só de comida ítalo-paulistana vive o bairro da Mooca. O tradicionalismo do receituário típico da região, que nos últimos anos teve seu repertório gastronômico ampliado, recebe o Rudá – restaurante de cozinha vibrante e aromática que dialoga com culturas diversas -, e The Poke Club – a onda que partiu do Havaí, invadiu a Califórnia e tem conquistado espaço mundo afora com sua leveza, rapidez de preparo e versatilidade de combinações. No Rudá, a administradora Daniela Lopes procurou oferecer novos horizontes alimentares em formato contemporâneo e apresenta menu inspirador desenvolvido pela chef consultora Pati Leite, que atuou em restaurantes como Casa Europa e atualmente gerencia o Cadillac Burger, também no bairro. Os pratos protagonistas são o Peito de frango grelhado com molho de especiarias (R$42) ao estilo tailandês servido com nhoque de mandioquinha no azeite e sálvia, e a emblemática receita da cozinha créole Jambalaya Vermelha de Frutos do mar (R$69 – foto I), elaborada com arroz vermelho, camarões, frutos do mar e carne suína. Já no The Poke Club, fruto do empreendedorismo de Tatá Crippa, dono do Cadillac Burger, PaintBlack, Disjuntor e idealizador do Distrito Mooca, preenche uma lacuna do bairro e apresenta o típico preparo havaiano acolhido por um modelo híbrido de restaurante e bar, que com o cair da noite se transforma em balada. Há diversas opções, do tradicional ao vegetariano, como o Deep House (R$28), feito com salmão em cubos, camarões puxados no azeite e limão siciliano, arroz de coco, molho de tarê, limão siciliano e mel, abacate, gergelim, amendoim, crisp de algas e sunomono; e o Underground (R$23 – foto II), receita preparada com macarrão tipo bifum, abobrinha, vegetais puxados na manteiga e mel, shimeji, gergelim e amendoim.
.
#mooca #novagula #gulasp#gastronomiasp #revistanovagula #poke#jambalaya #saopaulo #sampalovers

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *